English Version  |  Contactos  |  Localização  
 
Althum.com  

Rua Conde de Sabugosa, 7 1º dt.º
1700-115 Lisboa, Portugal
(+351) 218 409 406

 
 
HomeAlthum.comLivrosMúsicaEventosBusiness Registar  |  Login 0 Itens Carrinho
 
     
 

CATÁLOGO/

Livros

Património
Pequenos Tesouros
Projectos Especiais
Outros Temas

Música

DVD
CDs

Eventos

Concertos
Espectáculos
Lançamentos
Exposições


PESQUISA/

Pesquisar

Procurar por/


# A B C D E F G
H I J K L M N O
P Q R S T U V W
X Y Z  

Eventos > Concertos

Concertos de órgão - Igreja de São Vicente de Fora
10-04-2014 a 10-07-2014 - Igreja de São Vicente de Fora, Lisboa

RESERVAS E INFORMAÇÕES: 919 745 338 ou info@althum.com

Organizado pelo Patriarcado de Lisboa e pela Editora Althum.com, 2014 acolhe o primeiro Ciclo de Concertos de Órgão na Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa. Até Julho, ao segundo sábado de cada mês, há música barroca dos séculos XVI, XVII e XVII sempre às 17h00 e com ENTRADA LIVRE com direcção artístca de João Vaz.

O primeiro concerto é com o organista australiano Brett Leighton, no dia 12 de Abril (17h00). Seguem-se Célia Sousa Tavares (10 de Maio), Rui Paiva com o Ensemble Vocal da Academia de Música de Santa Cecília (14 de Junho) e Marco Aurélio Brescia com a soprano Rosana Orsini (12 de Julho).

No ano em que se celebram os 20 anos dos restauros (1994) de um dos mais importantes órgãos da Península Ibérica, este primeiro ciclo de 2014 reúne quatro organistas de renome para concertos sublimes que têm convocado a atenção de milhares de pessoas nos últimos anos.

O órgão de São Vicente de Fora, que foi construído em 1765 por João Fontanes, celebra para o ano 250 anos de existência e, sendo um dos mais importantes instrumentos da Península Ibérica, é dotado de uma versatilidade mecânica que lhe permite acolher partituras de diferentes escolas e sensibilidades.
 

VÍDEOS

Três composições interpretadas por João Vaz no órgão da Igreja de São Vicente de Fora:

Quatro piezas de clarines, Anónimo, Espanha, séc. XVII

Aria II, Giuseppe Antonio Paganelli (1710 - 1783)

Fantasia em Ré, António Carreira (c. 1530, c. 1594)

O Órgão, história e características únicas, por João Vaz, organista titular:

Entrevista com João Vaz
 

 

 

 

PROGRAMA

 

> 12 de Abril · 17h00

O órgão ibérico nos séculos XVI e XVII


Francisco Correa de Arauxo(1584-1654)                
Tiento de quinto tono (Facultad Organica, 1626)

Francisco Fernandez Palero(ca.1533-1597)
Queramus a quatro glosado

Anónimo (Ms. Martin y Coll, séc. XVII)                                              
Tiento lleno, 1er tono             

Antonio de Cabezón(1510-1566)                                  
Discante sobre la Pavana Italiana (Obras de Musica , 1578)

Joseph Jiménez(1601-1667)
Obra de octavo tono, dos bajos

Fray Cristóbal de San Jerónimo(séc. XVII)
Tiento de tonadas

Francisco Correa de Arauxo
Tiento de medio registro de dos tiples de septimo tono

Anónimo(Ms. Martin y Coll, séc. XVII)                        
Diferencias sobre la gayta

Anónimo(Portugal, séc. XVII)
Batalha de 6° Tom

Brett Leighton, órgão


Brett Leighton
Brett Leighton

 



> 10 de Maio · 17h00

Maneirismo e Estilo Galante no Mediterrâneo


Fr. Diogo da Conceição(séc. XVII)
Batalha do 5º Tom

Pedro de Araújo(fl. 1662-1668)
Consonâncias de 1º Tom

Girolamo Frescobaldi(1583-1643)
Tocatta da suonarsi alla levatione (Toccate e partite d'intavolatura – Libro Secondo)

Michelangelo Rossi(1601-1656)
Toccata settima (Toccate e correnti d’intavolatura d’organo e cimbalo, 1657)

Sebastian Aguilera de Heredia(c. 1565-1627)
Obra de 8º tono alto: Ensalada

Francisco Correa de Arauxo(c. 1576-1654)
Tiento de medio registro de tiple de quarto tono (Facultad organica, 1626)

Carlos Seixas(1704-1742)
Sonata em lá menor

Francisco Xavier Bachixa(?-1787)
Sonata em Ré maior

Anónimo (Portugal/Espanha, séc. XVII)
Batalha famosa


Célia Sousa Tavares, órgão


Célia Sousa Tavares

 

 


> 14 de Junho · 17h00

Vozes e órgão nos séculos XVII e XVII


Antonio Valente(1520-1580)
La Romanesca

Girolamo Frescobaldi(1583-1643)
Partite sopra l'Aria di Monicha
Toccata Ottava (Libro Primo, 1637)

Giovanni Pierluigi da Palestrina(1525-1594)
Moteto Surge illuminare

Bernardo Storace(1637-1707 )
Ballo della Battaglia

Johann Kaspar Ferdinand Fischer(c.1656-1746)
Chaconne em Fá maior

Johann Pachelbel(1653-1706)
Coral Wir glauben all' an einen Gott

 

Dieterich Buxtehude(1637-1707 )
Cantata Ad pedes (do Ciclo Membra Jesu Nostri, BuxWV 75)
Fuga em Dó maior, BuxWV 174
Tocata em Sol maior, BuxWV 165


Rui Paiva, órgão
Ensemble Vocal da Academia de Música de Santa Cecília
António Gonçalves, direcção


Rui Paiva

 

 


> 14 de Junho · 17h00

José de Nebra: Cantadas al Santísimo


José de Nebra(1702-1768)          
Tocata em Dó menor
Cantata Entre cándidos, bellos accidentes
7 Versos de Vísperas (Libro de órgano de Melchor López, 1781)
Cantata Qué contrario, Señor                                                          


MarcoBrescia, órgão
RosanaOrsini, soprano

(Concerto organizado em parceria como 40.º Festival Estoril Lisboa)



Marco Aurélio Brescia e Rosana Orsini

 

 

> O Órgão histórico da Igreja de São Vicente de Fora

 

O órgão que se pode admirar no topo do coro baixo da igreja de São Vicente de Fora foi construído em 1765 pelo organeiro João Fontanes de Maqueira. Com a vantagem de se encontrar em estado quase original, trata-se de um dos maiores e mais importantes instrumentos barrocos portugueses. O instrumento possui duas secções independentes – órgão principal com 38 meios registos e órgão de eco com 21 – às quais correspondem dois teclados manuais de quarenta e sete teclas com a tradicional primeira oitava «curta». O instrumento tem 3109 tubos dos quais 282 de palheta, o que lhe confere uma das mais impressionantes secções de palhetaria e um dos mais amplos «cheios» da Península Ibérica. O restauro profundo a que foi submetido em 1994, efectuado pelos organeiros Claudio Rainolter e Christine Vetter, eliminou pequenas alterações efectuadas ao longo dos anos e reconduziu o instrumento à sua grandeza original. Só nessa ocasião se revelou a autoria e a data de construção através de uma inscrição no interior do secreto do órgão de eco: «Ha feito de novo em o ano de 1765 Joao Fontanes de Maqueira». Este organeiro construiu em 1763 o órgão da capela do Seminário Maior de Coimbra. Uma análise mais aprofundada permite deduzir que o actual órgão de S. Vicente de Fora incorpore material de um instrumento anterior, construído pouco antes do terramoto de 1755.

https://www.facebook.com/OrganSaoVicenteDeFora

 

 
Carregos - Contrabando na raia central
Carregos - Contrabando na raia central
 
 
 
Destaques/
 
 
     
 

© althum.com - Todos os direitos reservados     info@althum.com | Site Map | Política de Privacidade