English Version  |  Contactos  |  Localização  
 
Althum.com  

Rua Conde de Sabugosa, 7 1º dt.º
1700-115 Lisboa, Portugal
(+351) 218 409 406

 
 
HomeAlthum.comLivrosMúsicaEventosBusiness Registar  |  Login 0 Itens Carrinho
 
     
 

CATÁLOGO/

Livros

Património
Pequenos Tesouros
Projectos Especiais
Outros Temas

Música

DVD
CDs

Eventos

Concertos
Espectáculos
Lançamentos
Exposições


PESQUISA/

Pesquisar

Procurar por/


# A B C D E F G
H I J K L M N O
P Q R S T U V W
X Y Z  

Eventos > Concertos

Concerto de Ano Novo 2011
08-01-2011 a 16-01-2011 - Sé Patriarcal de Lisboa

À semelhança do que sucedeu nos anos anteriores, o Patriarcado de Lisboa e a Editora Althum.com promovem o Concerto de Ano Novo que este ano se realiza nas Sés de Lisboa, Porto, Évora e Faro. (Pode consultar as fotos do ano passado na nossa página do Facebook). O concerto estará a cargo do grupo Capella Patriarchal e do organista João Vaz, que apresentarão, como tem acontecido anteriormente, obras sacras de compositores activos em Lisboa entre os séculos XVI e XIX. Este ano o programa é dedicado à actividade musical em Lisboa (especialmente na Capela Real) durante o reinado de D. João V. Como já vem sendo hábito, serão apresentadas algumas obras em primeira audição moderna: neste ano os Versos de 5º tom e a Antífona Veni Creator Spiritus de Fr. Jerónimo da Madre de Deus.

Pode ver as fotos do concerto em Lisboa aqui.

Concertos:


Lisboa – Sábado, 8 Janeiro – Sé Patriarcal de Lisboa, 21h30

Porto – Domingo, 9 Janeiro – Sé Catedral, 18h00

Évora – Sábado, 15 Janeiro – Sé Catedral, 18h00

Faro – Domingo, 16 Janeiro – Sé Catedral, 17h00


Reserve os seus bilhetes através de:
info@althum.com | Althum.com
Facebook
[Entrada Livre]



A italianização que se fez sentir na música sacra portuguesa durante o reinado de D. João V é detectável na obra de qualquer lusitano durante a primeira metade do século XVIII. O programa deste concerto retrata esta realidade – tanto no campo da música para órgão como no da música vocal – apresentando lado a lado a célebre figura de Carlos Seixas (1704-1742) e dois compositores praticamente desconhecidos: Fr Jacinto do Sacramento (c.1712-?) e Fr. Jerónimo da Madre de Deus (c.1715-p.1768).
Na segunda década de setecentos grande parte dos músicos da Capela Real lisboeta eram italianos ou tinham recebido uma educação musical de orientação italiana. Carlos Seixas (1704-1742) é uma interessante excepção. Tendo recebido os primeiros ensinamentos musicais do seu pai, Francisco Vaz (organista da Sé de Coimbra), provavelmente na tradição dos organistas portugueses do século XVII. Permeável às novas influências italianas, apesar de nunca ter saído de Portugal, veio a tornar-se organista da Sé de Lisboa, e posteriormente Vice-Mestre de Capela, um dos poucos músicos de nacionalidade portuguesa ao serviço de D. João V.
Ambos nascidos em Lisboa, Fr. Jacinto do Sacramento e Fr. Jerónimo da Madre de Deus professaram na Ordem de São Paulo, vivendo em Lisboa no Convento dos Paulistas. Da sua produção, apenas chegaram até aos nossos dias as obras que são apresentadas neste concerto. A antífona Veni Sancte Spiritus, apresentada em primeira audição moderna, é uma peça em estilo concertato a quatro vozes e contínuo. Pelo contrário, as Lições (leituras do ofício de Matinas de Sábado Santo) são destinadas a uma voz solista. Os Versos de 5º tom de Fr. Jerónimo da Madre de Deus, também apresentados agora pela primeira vez, constituem a mais significativa colecção de peças para órgão composta em Portugal durante a primeira metade do século XVIII.

Capella Patriarchal


Criado em 2007 e contando já com diversas apresentações em Portugal, Espanha e Alemanha, este agrupamento é um projecto destinado fundamentalmente à divulgação dos tesouros da música sacra portuguesa. Apresenta frequentemente obras inéditas (destacando-se recentemente os Responsórios de Quinta-Feira Santa de Fr. Fernando de Almeida), pautando-se por um cuidadoso trabalho prévio de investigação das fontes musicais, assim como por um intenso esforço de observação das práticas interpretativas das diversas épocas. A presença do órgão na sua formação permite não só a interpretação das obras em que o instrumento executa uma parte obrigada ou simplesmente o baixo contínuo, como também o repertório mais antigo, seguindo a tradição da polifonia vocal acompanhada pelo órgão ou por outros instrumentos. Tendo origem no trabalho de João Vaz em relação à música de órgão portuguesa dos séculos XVI a XIX, através do estudo directo das fontes, aborda a música vocal, contando para isso com a colaboração de cantores especialmente dedicados a este tipo de repertório.


João Vaz

Natural de Lisboa, diplomou-se em Órgão pela Escola Superior de Música da mesma cidade, sob a orientação de Antoine Sibertin-Blanc, e pelo Real Conservatório Superior de Música de Saragoça, onde estudou com José Luis González Uriol, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. É também doutorado em Música e Musicologia pela Universidade de Évora. Tem mantido uma intensa actividade a nível internacional, quer como concertista, quer como docente, em cursos de aperfeiçoamento organístico. Efectuou diversas gravações discográficas, e lecciona actualmente Órgão na Escola Superior de Música de Lisboa e na Escola das Artes da Universidade Católica do Porto. É titular do órgão da Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa, Director Artístico do Festival Internacional de Órgão de Lisboa (em colaboração com António Duarte) e consultor permanente para o restauro dos seis órgãos da Basílica do Palácio Nacional de Mafra.


PROGRAMA DO CONCERTO

CARLOS SEIXAS (1704-1742)
Sonata em lá menor (fuga para órgão)

JERÓNIMO DA MADRE DE DEUS (1714/5-p.1768)
Oito versos de 5º tom

JACINTO DO SACRAMENTO (1712-?)
Tocata em ré menor

CARLOS SEIXAS
Sonata para órgão em Sol maior
Sonata para órgão em lá menor


João Vaz, órgão



CARLOS SEIXAS
Tantum ergo

JERÓNIMO DA MADRE DE DEUS
Sabbato Sancto ad Matutinum Lectio Octava
Antífona «Veni Sancte Spiritus»

JACINTO DO SACRAMENTO
Sabbato Sancto ad Matutinum Lectio Quarta

CARLOS SEIXAS
Responsório «Sicut cedrus exaltata sum»


Capella Patriarchal


Mónica Santos, soprano
Carolina Figueiredo, alto
João Moreira, tenor
Manuel Rebelo, baixo
Adriano Aguiar, contrabaixo
João Vaz, órgão e direcção

 
Dieta Mediterrânica - uma herança milenar para a humanidade - 2.ª Edição
Dieta Mediterrânica - uma herança milenar para a humanidade - 2.ª Edição
 
 
 
Destaques/
 
 
     
 

© althum.com - Todos os direitos reservados     info@althum.com | Site Map | Política de Privacidade